Página Inicial

Quem somos

Ana Maria Javouhey

Missão

Espiritualidade

Onde estamos

A Espiritualidade de São José de Cluny

É um DOM DE DEUS concedido a Ana Maria Javouhey para a Igreja e para o mundo.

A vida da bem-aventurada Ana Maria, o seu testemunho e cartas revelam a sua intensa união com Deus e o seu cuidado ardente “para que todos tenham vida” e descubram a ternura de um Deus que é Pai.

Ana Maria procura, com Cristo, comungar ardentemente da Vontade de Deus que é Pai bondoso e amoroso.

É da oração confiante na Providência de Deus e da sua profunda comunhão com o Pai que nasce o seu amor e compaixão por todos, particularmente, pelos mais frágeis e abandonados.

 Assim, a Espiritualidade que Ana Maria partilha é um SOPRO DE VIDA que transcende qualquer formulação e suscita uma resposta generosa do coração, segundo os sinais dos tempos.

Ela constitui a nossa identidade e fonte de unidade pessoal. Estímulo para a nossa filiação Divina e fraternidade universal, unindo-nos, portanto, a Deus e aos irmãos.

Faz-nos saborear o céu na terra, como peregrinas do Absoluto, “em quem nos movemos, somos e existimos”.

Renova-se à medida em que vai sendo partilhada, podendo incarnar-se nas diferentes culturas onde encontra pedras de esperança e pedras de tropeço.

A Espiritualidade é o DINAMÍSMO que influencia a nossa vida, inspira os nossos projetos comunitários. É tão ampla que nos permite estar disponíveis para as necessidades do nosso tempo e levar o testemunho da ternura e do amor de Deus ao coração dos homens e mulheres do nosso tempo.

 

A Espiritualidade legada por Ana Maria traz as caracetrísticas do profeta:

 

- ouvido de discípulo: com uma íntima e constante familiaridade com Deus;

 

- confiança aurida do coração de Deus e partilhada com todos, particularmente com os “deserdados da vida”, “todos são  filhos do mesmo Pai”.

 

- visão perspicaz da realidade presente: ser do seu tempo para o ganhar para Deus;

 

- fé num futuro melhor que supõe uma mudança de vida no presente;

 

- apelo a uma missão muito concreta com envio a um grupo bem determinado;

 

- fonte de resposta aos desafios do seu tempo extirpando as raízes do mal;

 

 

 

“Eis que venho, ó Pai, para fazer a Vossa Vontade.”

Hb 10,9

 

 

O CORAÇÃO DA NOSSA ESPIRITUALIDADE

Com Cristo obediente, comungar a Vontade do Pai,

a fim de que todos tenham vida e sejam salvos!

Cultivar um coração apostólico / missionário,

que tem a sua fonte na oração e contemplação

e que se debruça sobre a Humanidade ferida e resgatada

pelo sangue precioso de Cristo.

A NOSSA ESPIRITUALIDADE NOS LEVA

À escuta do Espírito que nos renova e nos leva a assumir riscos pelo Reino.

À abertura aos sinais dos tempos e aos apelos do mundo de hoje.

A cultivar a confiança e serenidade,

a simplicidade e disponibilidade.

A capacidade de adaptação e o desapego.

Ao discernimento das prioridades e à procura de respostas adequadas,

A fim de que a Vontade de Deus se realize.

 Unidas na nossa diversidade,

de todas as nações e para todas as nações,

enviadas para promover a vida e salvar todos os povos.

Topo

SJC - Congregação das Irmãs de São José de Cluny - 2011